Os jovens de hoje representam a educação, a moral e a ética que nossos pais e avós nos ensinaram. E nós jovens somos o futuro desse país e do mundo.

O que você vê quando olha para um sobrinho ou irmão mais novo? Você espera dar a ele o melhor cuidado, e poupar que ele cometa os mesmos erros. Você quer o melhor pra ele, certo?

Mas o que nós vemos ao longo dos séculos é uma decadência das relações familiares, do crescimento da superficialidade, da falta de princípios. Por que será que o mundo está evoluindo desse jeito? Eu tenho uma resposta simples pra isso, mas vou deixar você ter a sua.

Lendo algumas notícias sobre o assassinato do cartunista Glauco e seu filho, uma notícia me chamou a atenção pela argumentação do advogado de defesa do suspeito de ter levado o criminoso ao local do crime.

O advogado quando questionando se o seu cliente usa drogas, ele não respondeu diretamente e falou apenas o seguinte:

É essa a conduta normal de um jovem? Então eu acho que estou por fora do que anda rolando por aí. Eu sei que cada um tem uma opnião a esse respeito, cada um pensa de uma forma. Mas acho que muitos que defendem o uso, efetivamente só pensam no curto período de prazer que as drogas proporcionam e não veêm que tipo de prejuízos esse consumo traz a sociedade.

Eu espero que essa pequena frase te ajude a refletir se você ajuda a evoluir o mundo como retratado pelo advogado ou se você é como eu e possui índole, caráter e cidadania. Pense nisso.