Como anda o Paulovich.Data? A verdade é simples, quase sozinho. Hoje o Paulovich.Data tem usuários curiosos que entram em contato conosco procurando soluções e sugerindo melhorias. Várias empresas ficariam espantadas se soubessem que praticamente 100% dos usuários de uma tecnologia estão dispostos e colaborar com feedbacks.

As minhas dicas pras empresas que querem manter um bom relacionamento com seus usuários são:

  1. Tenha um suporte ativo: não espere o seu cliente te ligar reclamando de uma falha, adiante a resolução com testes unitários e resolva os problemas de forma transparente. Não esconda do seu usuário final os erros.
  2. Desenvolva junto ao cliente: o cliente tem grande facilidade de mudar de fornecedor, e para agradar é necessário atender as expectativas do cliente ou mesmo deixar bem claro as limitações para não ter um cliente insatisfeito. É melhor limitar o nicho dos clientes do que prometer mundos e fundos e nunca alcançar.
  3. Mantenha ele informado: repetindo, crie uma forma transparente de informar ao usuário como está o desenvolvimento da solução.

Nesse ponto o Paulovich.Data pode ser orgulhar, nós temos vários canais de comunicação e centralizamos as informações nesse site. Aos que entram em contato, eu só tenho a agradecer, e estou sempre disposto a responder quaisquer dúvidas no menor prazo que consigo (msn/gtalk/email/forum/minha mesa). Aos que ainda não entraram em contato, o meu msn não é tão difícil de conseguir (dica: ivanpaulovich at hotmail.com).

Hoje nós temos um produto estável e podemos considerar que chegamos no milestone build. Um produto que teve os erros conhecidos zerados. Agora é hora de rearquitetar algumas coisas, corrigir alguns padrões errados, facilitar o uso e divulgar melhor a idéia.

Pra fazermos isso, precisamos de pessoas capacitadas e dispostas, da minha parte pode considerar que terão todo suporte e dessas pessoas espero motivação. Não entre em contato se você espera algum retorno financeiro (Paulovich.Data não tem fins lucrativos).