Hoje vou dar uma dica para quem usa o TFS mas nem sempre está usando a interface do Visual Studio (mais precisamente do Team Explorer). Estive trabalhando recentemente num projeto web que foi feito em .Net e Flex. Enquanto eu estava trabalhando nos serviços e regras de negócio dentro do Visual Studio eu podia facilmente dar check-out e check-in nos arquivos e manter meu projeto sincronizado com o restante da equipe. Porém, quando estava no Flex Builder (IDE do Flex) a situação era bem menos confortável. Isso por que, eu precisava ficar com o Visual Studio aberto para ver o Team Explorer e dar check-in nos arquivos que estava produzindo no Flex. É claro que num determinado momento isso me irritou profundamente, já que apesar do TFS ser um maravilhoso sistema de versionamento de arquivos, faltava uma integração direta com o meu Windows Explorer (assim como no SVN)…

Minha falha foi não ter pesquisado direito, mas com um pouco de google encontrei o Team Foundation Server Power Tools. Basicamente, o TFSPT é um pacote de “add-ons”. Vou mostrar para vocês um destes "add-ons" que resolve exatamente o problema de integração direta com o Windows Explorer, garantindo assim que você consiga versionar arquivos sem precisar do Visual Studio aberto só para fazer isso.

Primeiramente baixe o TFSPT. Download da versão 2008, mas já existe um Beta disponível para a versão 2010. Se você quizer testar, pode fazê-lo clicando aqui. Depois de baixar mande instalar, só fique atento para ver se o Windows Shell Extension será incluído na sua instalação.

Depois de instalar, você pode acessar o Windows Explorer e procurar uma pasta qualquer que esteja vinculada a um Workspace do TFS. Clicanco com o botão direito do mouse nestas pastas, você verá um menu como este:

Muito prático! No melhor estilo SVN. Esse tipo de recurso é muito útil quando estamos trabalhando por exemplo num processo de documentação, gerando vários arquivos binários do Visio, Word, Imagens, etc… arquivos que não geramos no Visual Studio.

Grande abraço a todos,
e até a próxima.