Na faculdade aprendemos que compartilhar informação é a melhor forma de aprender, e códigos são bons exemplos disso. A Microsoft já foi bastante criticada por trabalhar com código fechado.

Atualmente a realidade é beeem diferente, nós temos o Codeplex onde a Microsoft disponibiliza os fontes de inúmeros projetos e formenta várias iniciativas de código aberto. Mas eu ainda encontro muitos desenvolvedores que criam softwares-de-padaria e que não querem liberar os fontes por simples receio que alguem continue o trabalho deles e “roube” seu “emprego”.

Poxa-vida né? O cara cria um programinha que não faz nada-revolucionário mas a única forma de manter o cliente é prendendo os fontes ao desenvolvedor. Eu entendo que uma empresa possa fechar o código, mas eu não consigo entender que um profissional que mal saiu da faculdade possa pensar em não divulgar o próprio código. Isso não entra na minha cabeça.